Arquitetura Contemporânea/Contemporary Architecture – Canadá


O Royal Ontário Museum – ROM – foi criado em 1912, na cidade de Toronto – província de Ontário, e o prédio original foi projetado pelos arquitetos canadenses Darling e Pearson. O prédio neoclássico tinha sua principal entrada na Bloor Street West, e o acesso se dava por um átrio denominado “Caminho dos Filósofos” (Philosophor’s Walk). O conjunto originalmente era composto de 5 museus separados, de Arqueologia, Paleontologia, Mineralogia, Zoologia e Geologia.

The Royal Ontario Museum – ROM – was established in 1912, in the City of Toronto, Ontario. The old neoclassic building was designed by the Canadian architects Darling and Person. Its mainly entrance was at Bloor Street West by a hall named Philosophor’s Walk. The Royal formerly joint 5 independent museums: an Archeology, a Paleontology, a Mineralogy, a Zoology and a Geology Museum.

rom2004_1306_18.jpg

apresentação da proposta em 1912 ao Duque de Connaught,
governador da província de Ontário/copy of the 1912 building proposal, showed to the Ontario Governor, Duke of Connaught


O museu sofreu alterações durante o século XX, e em 2007 foi concluída a mais radical delas, com a inauguração em Junho da nova ala “Michael Le-Chin Crystal”, projeto do escritório do arquiteto americano Daniel Libeskind e comunicação visual do escritório também americano Haley Sharpe Design.

During the XX Century the building had been remodeled several times and in 2007 was concluded the most radical of them. In June was opened the new gallery Michael Le-Chin Crystal, designed by the office of the American architect Daniel Libeskind and that had new exhibit designs by the American office Harley Sharpe Design.

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_11.jpg

A direção tinha intenção que a alteração fornecesse uma nova “marca” para o museu, de modernidade e monumentalidade. O projeto, segundo Libeskind, é uma estrutura de formas orgânicas prismáticas, uma arquitetura dramática, mas que estabelece relação entre a história e o novo, entre tradição e inovação.

The ROM’s Director asked for a new landmark building, with modernity and monumentality appeal. The design, as Libeskind said “provides a wonderful opportunity for dramatic new architecture and the creation of a great public attraction. The centrality of the site intensifies the profound relationship between history and the new, between tradition and innovation.”

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_3.jpg


royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_5.jpg

A nova ala, com 5.600 m² de construção, foi desenvolvida em aço e alumínio anodizado, custou US$ 94 milhões. Dispõe de local para exposições, de fácil leitura elocomoção, restaurante, lojas e um espaço para eventos especiais.

In the 5,600 m² new gallery building, made by steel and anodized aluminium, was spent 94 million dollar. Its has an exhibition room, simple signage, easier accessibility, restaurant, shops and a special events room.

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_13.jpg

A entrada principal continua sendo a Bloor Street West, mas foi aberta uma entrada pela lateral, tendo acesso pelo Queen’s Park.

The mainly entrance keeps at Bloor Street, but now also there are a new one at Queen’s Park.

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_41.jpg

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_112.jpg

royal_ontario_museum_daniellibeskind010507_10.jpg

Se o prédio do museu era um patrimônio histórico de Toronto, o que significa para os conceitos de preservação do patrimônio, este tipo de interferência, que recria completamente a imagem do museu e do edifício, tornando impossível a preservação da memória?

If the Museum is an heritage building, what means for the heritage preservation concepts, this kind of intervention, that rebuilds completely the museum and building signs, and doesn’t make possible the affective preservation of them in the citizen minds?

rom2007_9327_4.jpg
inauguração da nova ala – 2 de Junho de 2007
2007, June 2nd – the open-day
Veja o vídeo da inauguração. Watch the open-day video
Veja um vídeo com comentário sobre o projeto e seu contraste com o antigo edifício.Watch a criticism video

artigo relacionado/post related:

Arquitetura Contemporânea Canadá 2/ Contemporary Architecture Canada 2

Person Daniel Libeskind
Right click for SmartMenu shortcuts

Um pensamento sobre “Arquitetura Contemporânea/Contemporary Architecture – Canadá

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s