Arquitetura Moderna/Modern Architecture – Robin Hood Gardens


O conjunto habitacional Robin Hood Gardens projetado por Alison e Peter Smithson e construído em Poplar, East End, Londres em 1972 corre o risco de desaparecer. O órgão público responsável pelo edifício – Tower Hamlets – pretende demolí-lo.

Os Smithsons, arquitetos britânicos do modernismo pós- 2ª guerra, que revolucionaram a arquitetura moderna na Inglaterra, introduzindo um repertório arquitetônico que ficou conhecido como “Novo Brutalismo”, desenvolveram nesse projeto uma de suas mais famosas concepções de projeto, que foram as ruas elevadas.

The Robin Hood Gardens Alison and Peter Smithson’s multi-family housing, built in Poplar, East End, London in 1972 can disappear. The local authority – Tower Hamlets – intends to demolish it.

The Smithsons, British architects who revolutionized the Britain architecture by introducing an architectural repertory known as New Brutalism, designed in this building one of theirs most famous design concept – the “street in the sky”.

robin-hood11.jpg
robin-hood12.jpg

Os problemas construtivos e sociais existentes no edifício desde os primeiros anos de sua existência, fizeram com que o edifício fosse considerado um fracasso na carreira dos arquitetos, do qual nunca se recobraram.

Construído em concreto aparente, ele é um dos mais importantes registros para a história da arquitetura moderna.

There were problems both with the quality of construction and the general design of the estate, which was plagued by crime. The project is generally regarded as a failure in the Smithson’s career from them never quite recovered.

Built in concrete, without covering, it is one of the most important exemplars to the modern architecture history.

robin-hood10.jpg

picture by Ludwig Abache

robin-hood7.jpg

picture by Archiplanet website

O conjunto ocupa um terreno de aproximadamente 2 hectares e consiste em dois compridos edifícios, um com 10 e o outro com 7 andares. Eles contém 213 apartamentos, alguns deles duplex, e as ruas internas foram construídas a cada 3 andares. Os edifícios estão implantados numa grande área arborizada, de acordo com os preceitos do movimento moderno de arquitetura.

The estate covers about two hectares and consists of two long blocks, one of 10 stories, the other of 7, and containing 213 apartments that are a mix of single-storey apartments and two-storey maisonettes, with “streets” on every third floor.

The buildings are surrounding by a landscaped green area, in accordance with the modern architectural movement recommendations.

robin-hood3.jpg

pictures by Archiplanet webside

robin-hood4.jpg

Está sendo feito um movimento para que o edifício seja tombado, isto é, para que entre na lista do patrimônio britânico. Será enviado uma espécie de abaixo assinado ao British Heritage, cujas assinaturas estão sendo coletadas pelo Building Design website, até 6 de Março.

Para assiná-lo click aqui.

There are a moviment to rescue Robin Hood Gardens and insert it in the British Heritage list. You could sign the petition in favor it be listed by March 6th hit here.

robin-hood5.jpg

pictures by Archiplanet website

robin-hood6.jpg

No site da Building Design você encontra um artigo onde os moradores entrevistados dizem que gostam de morar no conjunto habitacional. Está em inglês.

On the Building Design website there is an reporting with dwellers opinion about live at Robin Hood.

robin-hood2.jpg

para ler mais sobre os Smithsons/ about the Smithsons : http://unjobs.org/authors/peter-smithson

Building Design website: http://www.bdonline.co.uk

Archiplanet website: http://www.archiplanet.org

4 pensamentos sobre “Arquitetura Moderna/Modern Architecture – Robin Hood Gardens

  1. Acho um absurdo isso… é uma arquitetura linda…. e já haviam conquistado de não demolir… e agora de novo se fala nisso… poxa, deixa o prédio quieto… isso tudo é uma questão políta e econômica “momentânea” porq nesse mesmo lugar se demolirem, quero eu que NÃO… vai ocorrer outros problemas urbanísticos piores do que uma questão social. E nossa, é uma obra de arte do Brutalismo Inglês, Alison e Peter são “os caras”

  2. Cleverson na Inglaterra eles continuam na luta para “tombar” esse conjunto habitacional. Já conseguiram que se estudem critérios para tombamentos dos edifícios construídos no 2º pós guerra. Manterei você informado.

  3. incrivel estas maravilhas como hoje nao se faz obras desse tipo gigantescas e bem calculadas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s