O outro lado do filme/ The other side of the movie


Tropa de Elite foi o filme brasileiro mais comentado dos últimos meses. Mesmo antes de ganhar o Festival de Berlim, o filme ficou famoso no Brasil por fazer a defesa das ações do BOPE – Batalhãos de Operações Especiais da Polícia Militar, nas favelas do Rio de Janeiro.

E faz a defesa de forma muito convincente. Todos nós torcemos para que tudo acabe bem para o Capitão Nascimento e seu batalhão.

Mas e os moradores das favelas, o que pensam?

“Tropa de Elite” has been the most commented Brazilian movie in the last months. Before the 2007 Berlin Movie Festival award, it was famous as defender of BOPE actions, that repressed the drug push in Rio de Janeiro’s slums.

And it’s a brave defense. All of us when watch the movie cheer for Captain Nascimento and his group to be victorious.

But what do think the slum’s dwellers?

caveirao.jpg

Apesar dos “patrões” do tráfico de drogas dominarem um grande número de favelas, e não só no Rio de Janeiro, a grande maioria dos moradores não tem nada a ver com o tráfico. São alvos inocentes numa guerra que não perdoa quem atravessa uma área de tiroteio, seja entre polícia e bandido, seja entre bandido e bandido. É a nossa “Faixa de Gaza”.

O caveirão, carro blindado usado pela polícia militar no combate ao tráfego é o terror desses moradores.

Quando o caveirão entra nas favelas, houve-se de dentro do carro as seguintes frases:

“Senhores moradores, estamos aqui para defender a comunidade. Por favor, não saiam. É perigoso.”

“Crianças, saiam da rua, vai haver tiroteio”

Despite the “Head” of drug traffic control of several slums in Rio de Janeiro, and also in other Brazilian cities, almost of the dwellers haven’t anything with that commerce. They’re innocents into a war that kills who crosses a gunfire area, fights between police and drug pusher or between drug pusher factions. It’s our “Gaza Strip”.

The Caveirão (skeleton painted symbol and name of the police car) a iron-plate car used by the Rio de Janeiro military police to combat the drug push is the dwellers terror.

When caveirão goes into the slum a voice from its interior said:

“Dwellers we are here to defend the community. Please don’t go out. It’s dangerous”

“Children, go out streets. It will be gunfire.”

caveirao3.jpg

Combater o tráfico de drogar e usar todas as armas a sua disposição é dever do Poder Público. Mas as ações repressivas não devem ser o objetivo maior desse combate.

São ações de educação, recreação e lazer, além de formação profissional que vão dar outras alternativas de sobrevivência aos jovens dessas favelas.

Todos sabemos que ações repressivas não acabam com o tráfico, quando muito o mudam de lugar, e ao tirar a vida de inocentes, a polícia pode estar incentivando a população a se aproximar mais dos traficantes, que a exemplo dos bicheiros, vem ajudando a população em momentos de necessidade, pagando tratamento médico, por exemplo.

O vídeo abaixo mostra uma poesia feita por crianças do Complexo de Manguinhos no Rio. É a forma como elas vêem as ações do BOPE.

Combating the drug push using all the weapon the State could have is a authority obligation. But repressive actions couldn’t be the mainly objective in drug push combat.

It’s education actions, leisure and sports activities plus professional education that will give other survival possibilities to the slum’s young people.

All of us know that repressive actions can’t finished the drug traffic, maybe could only moves it to another place. When the police kill innocents they also encourage slum’s citizen to get along drug pushers, who sometimes helps the community to have healthy access, for example.

In the video below you could watch the Complex of Manguinho’s children performing their collective poem, that talked against this kind of police action. In Brazilian Portuguese.

Um pensamento sobre “O outro lado do filme/ The other side of the movie

  1. Gente, o caveirÃO Não gosta de flores, pior pra eles, eles não sabem fazer arte, e vcs sabem, pior pra eles…
    bj moçada, da tia Regina
    Eu amo vcs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s