Transporte alternativo – bicicletas no metrô de São Paulo


A Folha de São Paulo publica hoje notícia sobre a intenção da Companhia do Metrô de São Paulo de oferecer bicicletas aos seus usuários gratuitamente por períodos inferiores a 20 ou 30 minutos em estações do centro ou da Avenida Paulista. Após esse tempo os usuários terão que pagar uma pequena tarifa.

A idéia é baseada na desenvolvida em países da Europa, que já publicamos nesse blog (veja a notícia Cidades Sustentáveis/Green Cities – transporte alternativo/alternative transporte) em 26 de Fevereiro, e em especial no programa francês “Allo Vélib“.

As bicicletas serão financiadas pela iniciativa privada e a seguradora Porto Seguro já mostrou interesse. O novo sistema deverá ser inciado em Julho desse ano.

Ainda que o metrô esteja em horário de pico completamente sobrecarregado, sendo necessário melhorar a integração entre os vários sistemas de transporte na Capital e criar alternativas aos já existentes, é preciso alertar que andar de bicicleta no trânsito de São Paulo (assim como de motocicleta) não é seguro, e a medida sozinha não é uma política de transporte aconselhável. Medidas pontuais, como essas e outras apresentadas a 15 dias atrás pela Prefeitura, ou novidades (ainda que interessantes) não resolvem.

É necessário repensar todo o sistema de transporte, e providenciar ciclovias ou pistas exclusivas para transporte em duas rodas. Sem isso o poder público estará expondo o usuário a acidentes e até mortes, e poderá ser acionado judicialmente caso eles ocorram.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s