tower2

Sala de Leitura – Prêmio Pritzker 2008 – Jean Nouvel


Foto/photo by Oscar Garcia on Flickr

O francês Jean Nouvel recebeu o prêmio Pritzker, o mais prestigiado da arquitetura mundial, tornando-se o segundo arquiteto francês a levar o prêmio.

Nascido em Fumel, uma cidade no sudoeste da França, em 1945, de pais professores de escola média, ele tornou-se famoso profissionalmente já em 1981, com somente 35 anos de idade.

Nouvel, hoje com 62 anos, foi homenageado pelo conjunto da carreira, marcada por “sua valente busca de novas idéias e o questionamento das normas aceitas, para superar os limites em seu campo de atividade”, declarou Thomas J. Pritzker, presidente da fundação Hyatt, que entrega o prêmio desde 1979.

Segundo o júri, Nouvel ajudou a expandir, significativamente, o vocabulário da arquitetura contemporânea, com sua disposição de assumir riscos em seus projetos que parecem dialogar com o ambiente ao redor.

Dotado com 100 mil dólares e simbolizado por uma medalha de bronze, este prêmio, também chamado de “o Nobel da Arquitetura”, será entregue no dia 2 de junho durante cerimônia na Biblioteca do Congresso Americano em Washington.

The French architect Jean Nouvel, 62 years old, has won this year’s Pritzker Prize, the most prestigious international award for excellence in architecture.

Born in Fumel, a town in southwestern France, in 1945 to parents who were both schoolteachers, he was already famous within the profession by 1981, when he was just 35, which is youthful in architect years.

“The jury acknowledged the ‘persistence, imagination, exuberance, and, above all, an insatiable urge for creative experimentation’ as qualities abundant in Nouvel’s work,” said Thomas J. Pritzker, chairman of the Hyatt Foundation, which created the prize in 1979.

According the Jury, Nouvel work help the expansion of contemporary architecture vocabulary because he assumes risks in his designs which seems to talk with the surrounding landscape.

The Pritzker Prize, created as a kind of supplement to the Nobel Prizes (which do not have a category for architecture), has become a career-retrospective endorsement of the world’s top star architects. He will receive a $100,000 grant and and a bronze medallion. He will be honored at a ceremony at the Library of American Congress, Washington, on June 2.

Instituto do Mundo Árabe/ Arab World Institute

Foto/photo by Kevin Mattheus

Nouvel teve uma carreira rápida e feliz. Ele estudou na Escola de Belas Artes de Paris no período das revoltas estudantis de 1968, e após um período mais acadêmico ele adotou a tendência pós-moderna dos anos 1970. Ele ficou famoso internacionalmente ao projetar o edifício do Instituto do Mundo Árabe em Paris em 1987.

Instituto do Mundo Árabe/ Arab World Institute

Foto/photo on New York Times website

Instituto do Mundo Árabe/ Arab World Institute

Foto/photo by Kemular on Flickr

The timing of Nouvel’s career has been lucky. He was a student at the Ecole des Beaux-Arts in Paris at the time of the 1968 uprising, but bypassed that period’s obsession with decidedly cheesy postmodern design. He made his name, internationally, with the opening of the exquisite Institut du Monde Arabe in Paris in 1987.

Instituto do Mundo Árabe/ Arab World Institute

Foto/photo by Cecilia Lucchese

Instituto do Mundo Árabe/ Arab World Institute

Foto/photo on Time website

Para as janelas com face para o sul Nouvel projetou um sofisticado sistema de controle da luz solar inspirado no muxarabi árabe.

A hi-tech interpretation of an Arabic screen, the patterns set into the windows open and close like eyes with changes in the light.

Abaixo alguns projetos do arquiteto por ordem cronológica/Below some architect’s designs in chronological order

Nimes – Conjunto Habitacional Nemausus – 1987/ Nimes – Nemausus Social Housing – 1987

Foto/photo on Wikipedia website

Nimes – Conjunto Habitacional Nemausus – 1987/ Nimes – Nemausus Social Housing – 1987

Foto/photo on The Guardian website

O conjunto Habitacional Nemausus foi terminado em 1987. Foram utilizadas peças metálicas industrializadas, como alumínio nas escadas ao ar livre, visando baratear o custo de construção. Os apartamentos foram projetados o mais amplos possível e para isso as áreas comuns foram reduzidas às caixas de escada e aos halls. O projeto também apresenta uma grande variação do tipo de apartamento: são 114 apartamentos em 70 tipos de arranjo de planta, contendo tipologias como 1 quarto/studio, apartamentos com mezaninos, apartamentos triplex, etc.

The Nemausus social housing project has was completed in 1987. The use of industrial materials as aluminum open stairs was to make the apartments less expensive. Maximum apartment size was provided for by minimizing communal spaces such as stairways and halls. Flexibility was created by dividing seventeen different modules for apartment layouts (one-room studio, split-level, tri-level, etc…) mixed into the 114 apartments contained in the two blocks.

Mediapark – Cologne – Germany – 1990

Foto/photo by vividBreeze on Flickr

Mediapark – Cologne – Germany – 1990

Foto/photo by vividBreeze on Flickr

Projeto ganhador do concurso, foi construído entre 1998 e 2001. Tem uma área total de 44.000 m² e uma área útil de 36.000 m². O programa previu um edifício de uso múltiplo com unidades residenciais, lojas, escola, centro de conferências, torre de escritórios e hotel.

The design won the competition and was built between 1998 and 2001. It have a gross floor area of 440 000sq.ft and a net floor area of 360 000sq.ft. The program asked for Housing units, shops, school, conference center, office tower (280 000sq.ft),hotel (80 000sq.ft).

Tours, França – Centro de Confêrencias – 1993/ Tours, France – Conference Center – 1993

Foto/photo by banlon1964 on Flickr

Tours, França – Centro de Confêrencias – 1993/ Tours, France – Conference Center – 1993

Foto/photo by yoancitooooo on Flickr

Inaugurado em 1993, o edifício tem uma área total de 35.000 m² e uma área útil de 22.000 m². Tem um auditório com 2.000 lugares, outro com 700 lugares e um terceiro com 350 lugares e ainda um restaurante com capacidade para 800 pessoas. O espaço para exposições abriga 120 stands.

Opened in 1993 the building has a gross floor area of 350 000sq ft (35 000m²) and a net floor area of 220 000sq ft (22 000m²). It has a 2000-Seat, 700-seat And 350-seat rooms, a 800-seat restaurant and an exhibition space of 120 stands.

Paris – Fundação Cartier – 1994 / Paris – Cartier Foundation – 1994

Foto/photo on Time website

Paris – Fundação Cartier – 1994 / Paris – Cartier Foundation – 1994

foto/photo on Flickr by jiffyj2000

Paris – Fundação Cartier – 1994 / Paris – Cartier Foundation – 1994

foto/photo on Flickr by jiffyj2000

A Fundação Cartier de Arte Contemporanea no Boulevard Raspail em Paris é um bom exemplo de como Nouvel tenta arduamente fazer com que um grande edifício pareça menor, através de truques e jogos de luz. Essa galeria de arte, combinada com modernos escritórios acessíveis por elevadores no hall principal, compreende um conjunto de espaços colocados ao redor de um carvalho do Líbano de 200 anos, que foi integralmente conservado.

The Fondation Cartier pour l’Art Contemporain on Paris’s Boulevard Raspail, opened in 1994, is a good example of how Nouvel tried hard to shape a large building that, in certain tricks and plays of light, seems barely there at all. This art gallery, complete with a suite of smart modern offices reached by wall-climbing lifts, comprises a set of subtle, screened spaces gathered around an inviolate 200-year-old cedar of Lebanon.

Fazer com que o exterior “apareça” no interior é uma das grandes preocupações projetuais de Jean Nouvel. Transparência é uma de suas palavras-chave. Paradoxo é outra. Sempre ele brinca com a idéia de edifícios que parecem se desmaterializar no espaço, uma brincadeira de esconde-esconde com quem se aproxima deles.

How the outside comes inside would turn out to be one of Nouvel’s great preoccupations. Transparency is one of his bywords. Paradox is another. Again and again he toys with the idea of buildings that seem to dematerialize, that play hide and seek as you approach them.

Loja Lafayette – Berlim – 1995/ Lafayette Galleria – Berlin – 1995

Foto/photo by europeo on Flickr

Loja Lafayette – Berlim – 1996/ Lafayette Galleria – Berlin – 1996

Foto/photo by europeo on Flickr

Inaugurada em 1996 o edifício tem uma área total de 40.000 m². É uma loja de departamento integrada a um edifício que contém ainda uma casa de espetáculos, escritórios, habitações e garagem para estacionamento de veículos.

Opened in 1996 the building has a gross floor area of 40 000m² (400 000sq.ft). There are a department store integrated in a building with a cabaret, offices, housing, car park.

Ampliação do Museu Rainha Sofia – Madri – 1999/ Reina Sofia Museum – Madrid – 1999

Foto/photo by poio on flickr

Museu Rainha Sofia/ Reina Sofia Museum

Foto/photo by los mininos

Este edifício foi terminado em 2005, e possui uma área total de 23.800m² e uma área útil de 21.500 m². O programa previa a extensão e renovação do museu existente, a construção de duas salas para exposições temporárias, um auditório de 500 lugares, biblioteca, café, restaurante e escritórios para a administração.

That building was opened in 2005. There are a gross floor area of 23 800 m2 (238 000 sq ft) and a net floor area of 21 500 m2 (215 000 sq ft) The program ask for the extension and renovation of the existing museum of international renown, two temporary exhibition spaces, 500 seat auditorium, library, cafeteria, restaurant and administration offices.

Museu do Cais Branly – Paris – 1999/ Quai Branly Museum – Paris – 1999

Foto/photo on Inhabitat website

Museu do Cais Branly – Paris – 1999/ Quai Branly Museum – Paris – 1999

Foto/photo on New York Times website

Museu do Cais Branly – Paris – 1999/ Quai Branly Museum – Paris – 1999

Foto/photo on New York Times website

Branly é um museu de arte Africana, da Oceania e de Ameríndios. O projeto participou do concurso realizado em 1999, tendo ganho o primeiro prêmio. Os estudos foram realizados entre 2000 e 2002 e as obras terminaram em Junho de 2006. O edifício tem uma área total de 76.500m² e uma área útil de 40.660 m². O terreno tem 25.100 m².

O programa era bastante complexo e compreendeu espaço para coleções, um mezanino para multimidia, biblioteca de midia, local para exibições permanentes e temporárias, sala de leitura com 220 lugares, um teatro de arena, e escritórios para administração entre outros.

Branly is a museum of African, Oceanic and Native American art. There are a competition and the project was submitted on November 1999 e the winner announced on December 1999. Between January 2000 to September 2002 was done the studies and the building work was done between December 2002 to June 2006. The building has a gross building area of 76,500 sq m and a net building area of 40,660 sq m. The land has 25,100 sq m.he program was really complex and involve the design of multimedia mezzanine, temporary and permanent exhibitions rooms, media library, reading room seating 220, open-air theater, administration offices, etc.

Lucerne – Suiça – Centro Cultural e de Eventos – 2000/ Lucerne, Switzerland, Cultural and Congress Centre – 2000

Foto/photo New York Time website

Lucerne – Suiça – Centro Cultural e de Eventos – 2000/ Lucerne, Switzerland, Cultural and Congress Centre – 2000

Foto/photo New York Time website

O trabalho de Nouvel não pode ser reduzido a um determinado estilo. A sua obra prima que é o Centro Cultural e de Eventos às margéns do lago em Lucerne, Suiça, pode ser comparada a rigorosa arquitetura de Mies van der Rohe, enquanto que o Museu do Cais de Branly em Paris é uma espécie de “matraca” (objeto de madeira para fazer sons) arquitetônica

Nouvel’s work has been unconstrained by a specific visual style. His masterly Cultural and Congress Centre beside the lake at Lucerne, Switzerland, might borrow from the rigorous, right-angled architecture of Mies van der Rohe, but his recent Quai Branly museum in Paris is a kind of architectural rattle-bag.

Torre Agbar – Barcelona – 2000/2005/ Agbar Tower – Barcelona – 2005

Foto on Wikepedia website

Torre Agbar – Barcelona – 2000/2005/ Agbar Tower – Barcelona – 2005

Foto/photo on Wikepedia website

Torre Agbar – Barcelona – 2000/2005/ Agbar Tower – Barcelona – 2005

Foto/photo by Douzieme on Flickr

Construído entre 2000 e 2005, a Torre Agbar abriga a sede da companhia de abastecimento de água de Barcelona. Nouvel diz que sua inspiração para a forma foram os geisers, mas o edifício de fato tem um formato claramente fálico, notado por todos que o vêem.

O exterior da torre é uma complexa superfície de painéis de metal colorido fechados por uma trama de painéis de vidro basculantes presas com pontos cerâmicos. Isso faz com que o metal pareça estar um pouco desfocado e líquido.

Jean Nouvel disse a respeito da torre: “Isso não é uma torre, um arranha-céu, no sentido Americano do termo. É mais uma “aparição”, crescendo de forma singular no centro de uma cidade geralmente calma. Diferentemente de delicadas antenas ou torres sineiras que normalmente aparecem no horizonte de cidades predominantemente horizontais, a torre é uma massa fluida que queima a partir do chão, como um geiser sobre calculada e permanente pressão.

Built between 2001 and 2005, Nouvel said that geysers were an inspiration for the shape of the Agbar Tower, which houses a a local water company in Barcelona. But the building’s plainly phallic shape has also been noticed by just about everybody.

The exterior of the tower is a complicated surface of colored metal panels surrounded by a framework of fixed glass louvres fritted with ceramic dots. Those cause the metal to appear slightly blurred and “liquid”.

Jean Nouvel has said about the tower: “This is not a tower, a skyscraper, in the American sense. It is a more an emergence, rising singularly in the center of a generally calm city. Unlike slender spires and bell towers that typically pierce the horizons of horizontal cities, this tower is a fluid mass that bursts through the ground like a geyser under permanent, calculated pressure.”

Edifício Andel – Praga – República Tcheca – 2001/ Angel Building, Prague – Czech Republic – 2001

Não consegui informações sobre este edifício, uma loja de departamentos e escritórios projetados para a ING Real Estate. I can’t have some information about that building, a department store and office spaces designed by Jean Nouvel for ING Real Estate.

Museu Guggenheim – Rio de Janeiro – 2002/ Guggenheim Museum – Rio de Janeiro – Brazil – 2002

vista do hall de entrada – entrée

uma parte do edifício seria coberta por água/ a building part will be covered by water

salão de exposições/ exhibition room

O edifício não foi construído e a intenção de construí-lo causou muita polêmica, principalmente porque seu custo foi orçado em 120 milhões de dólares. O projeto tem uma área total de 23.000 m², e seu programa é semelhante ao de um museu de arte contemporânea.

The building haven’t been built, and its built was a polemic discussion in Brazil mainly because the cost will be 120 million dollar, really expensive for a poor country.It will have a gross floor area of 23 000m2 (230 000sq ft) and its program is similar to a contemporary art museum.

Projetos recentes não ainda construídos.

Cidade Gazprom, São Peterburgo, Rússia, 2006 / Gazprom City, Saint Petersburgh, Russia, 2006

Edifício de apartamentos – Nova York – 2007/ Housing Building – Chelsea – NYC – 2007

Museu Louvre de Abu Dhabi – Emirados Árabes – 2007/ Louvre Museum in Abu Dhabi – United Arab Emirates – 2007

Museu Louvre de Abu Dhabi – Emirados Árabes – 2007/ Louvre Museum in Abu Dhabi – 2007

Torre de Vidro “Tour de Verre”, Nova York, 2007 – Glass Tower “Tour de Verre” – NYC, 2007

Nouvel atualmente está detalhando o projeto acima, a Torre de Vidro, um edifício de 75 andares que será construído ao lado do Museu de Arte Moderna de Nova York.

Nouvel is currently designing a 75-storey tower beside the Museum of Modern Art, New York.

Para saber mais/ To know a bit more:

Sobre um Hotel em Lucerna na Suiça

Várias obras recentes do arquiteto: em inglês/ contemporary Nouvel’s designs

Artigo da Revista Architectural Record – online- em inglês/ News in Architectural Design on line

artigos sobre o polêmico Guggenhein no Rio de Janeiro:

1. Quem tem medo de Jean Nouvel? O Guggenheim no Rio de Janeiro – Clarissa Moreira e Pedro Rivera

2. A Arquitetura do desacontecimento. Jean Nouvel e o Guggenheim do Rio de Janeiro – Otávio Leonídio

3. Guggenheim: Projeto de Construção no Rio ainda gera polêmica – Revista Ciência e Cultura, 2003

pdf para download:

1. Design list/ Lista de projetos

2. Fotos de projetos para divulgação/ design pictures to post

2 pensamentos sobre “Sala de Leitura – Prêmio Pritzker 2008 – Jean Nouvel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s