beldrw

Sala de Leitura: O Novo Urbanismo/ The New Urbanism


bairro suburbano na Flórida, USA/ Florida suburban neighborhood, US

No primeiro quarto do século 20 os Estados Unidos se desenvolvia na forma de bairrosde uso misto e compacto. O padrão começou a mudar com a emergencia da arquitetura moderna, do zoneamento monofuncional e com o uso do automóvel. Após a 2ª Guerra Mundial, um novo tipo de empreendimento foi implantado em todo o país, criando bairros com uma rigorosa separação de usos, e isso ficou conhecido como empreendimento padrão de subúrbio (CSD), ou “espraiamento”. A maioria dos americanos hoje vive em empreendimentos suburbanos construídos nos últimos 50 anos.

Through the first quarter of the last century, the United States was developed in the form of compact, mixed-use neighborhoods. The pattern began to change with the emergence of modern architecture and zoning and ascension of the automobile. After World War II, a new system of development was implemented nationwide, replacing neighborhoods with a rigorous separation of uses that has become known as conventional suburban development (CSD), or sprawl. The majority of US citizens now live in suburban communities built in the last 50 years.

bairro suburbano em Palm Springs, California, USA/ Palm Springs suburban neighborhood, California, US

Ainda que o CDS seja popular, ele tem um alto preço. Falta-lhe um centro urbano ou uma escala favorável ao pedestre, e ele acaba utilizando imensas áreas rurais para abrigar uma população cujo crescimento é mínimo. O uso per capita de automóvel subiu enormemente, porque ele é necessário para a maioria dos serviços vinculados à moradia, assim como para as idas diárias ao trabalho. Aqueles que não dirigem tem pouca mobilidade. Os trabalhadores mais pobres que vivem nos subúrbios gastam uma grande porção de seus rendimentos na compra e manutenção dos carros.

O novo urbanismo é uma reação ao “espraiamento” ou suburbanização americana.

Although CSD has been popular, it carries a significant price. Lacking a town center or pedestrian scale, CSD spreads out to consume large areas of countryside even as population grows relatively slowly. Automobile use per capita has soared, because a motor vehicle is required for the great majority of household and commuter trips.Those who cannot drive are significantly restricted in their mobility. The working poor living in suburbia spend a large portion of their incomes on cars.

The New Urbanism is a reaction to sprawl.

empreendimento do novo urbanismo em Haymont, Virginia, USA/ New urbanism development in Haymont, Virginia, US

O novo urbanismo é principalmente um manual de formas históricas de projeto urbano. Ele mistura o conceito de cidade-jardim, as lições de Camillo Sitte e alguns elementos do “City Beautiful“. Contudo, ele vai mais longe do que isso, conseguindo obter uma mistura de usos, uma mistura de classes sociais, uma grande densidade construtiva e variedade arquitetônica dentro das principais regras do planejamento urbano.

Uma fraqueza do Novo Urbanismo é que muitas pessoas, bem informados ou não em projeto urbanístico, acreditam que o Novo urbanismo é um “estilo” arquitetônico. A realidade é que ele não faz recomendações de estilo. A Carta do Novo Urbanismo diz que “os projetos arquitetônicos individuais devem ser adequados ao meio natural em que se inserem. Essa tarefa transcende um estilo.”

Ele demanda que se tenha um foco, ou focos em facilidades para pedestres, a promoção do transporte público local e a redução do uso do automóvel. Por todos esses pontos o Novo Urbanismo produziu uma alternativa ao moderno subúrbio.

New Urbanism is primarily a handbook of historical forms of urban development. It mixes the garden city concept, the Camillo Sitte lessons and some kind of “city beautiful” appearance. It goes beyond this, however, aiming as it does to achieve a mix of uses, a social mix, greater building density and architectural variety within the framework of a set of urban planning rules.

One weakness of New Urbanism is that: Many people — both people well-informed or not in matters of the built environment — believe (some sincerely but all incorrectly) that New Urbanism is about architectural style. The “real” reality is that New Urbanism makes no stylistic prescriptions. The NU Charter states that “Individual architectural projects should be seamlessly linked to their surroundings. This issue transcends style.”

It demands a focus or multiple foci such as pedestrian-friendliness, the promotion of local public transportation and the reduction of automobile traffic. In all these points, New Urbanism seeks to provide an alternative to the modern suburb.

Uma característica dos projetos do Novo Urbanismo é o domínio do urbanismo sobre a arquitetura. A base do projeto é um plano diretor que determina o desenho da estrutura urbana, a distribuição dos edifícios públicos e privados e os lotes urbanos. Mas também não há uma legislação prévia que condicione o projeto arquitetônico.

O planejamento é estabelecido em sua maior parte pelo procedimento arquitetônico da “charrette“, no qual os planejadores agem em conjunto com os proprietários imobiliários e com os representantes do poder público e da comunidade, entre outros. Durante vários dias eles juntos determinam um plano em etapas. O plano diretor, o código urbano e a “charrette” são os instrumentos do novo urbanismo. Isso faz com que o plano territorial, o plano paisagístico e o arquitetônico surjam juntos e sejam juntos implantados.

One characteristic of the New Urbanism projects is the dominance of town planning over architecture. The basis of a project is the master plan that determines the layout of the town as well as the distribution of public and private buildings and plots of land. In addition, there is an urban code that lays down the rules of architectural design.

These planning basics are established for the most part through the architectural charrette procedure, in which the planners come together with the property developer and representatives of public institutions and social groupings, among others. Over the course of several days, they determine the planning in stages. The master plan, the urban code and the charrette form the instruments of New Urbanism. This forces urban development planning, landscape planning and architectural planning to be brought together from the outset.

by Dover Kohl & Partners

Os 10 príncipios do novo urbanismo são: facilidade para pedestres, conectividade, uso misto e diversidade, diversificação das moradias, qualidade do projeto arquitetônico e urbanístico, estrutura de um bairro tradicional, aumento da densidade, transporte público ambientalmente adequado, sustantabilidade e qualidade de vida.

The 10 principles of new urbanism are walkability, connectivity, mixed use and diversity, mixed housing, quality architecture and urban design, traditional neighborhood structure, increased density, smart transportation, sustainability and quality of life.

A maioria dos projetos do novo urbanismo foram implantados em áreas suburbanos e criticados, com razão, como subúrbios disfarçados. Contudo o Novo Urbanismo também ajuda a remodelar subúrbios existentes, por exemplo, implantando pequenos novos centros ou renovando os shopping centers decadentes. O novo urbanismo também foi usado em áreas centrais de cidades.

Onde foi implantado o novo urbanismo, no entanto, começa a passar por críticas e ser acusado de criar “guetos” ao contrário, agrupamentos artificiais em que apenas membros de certa classe, orientação política, religiosa ou sexual são aceitos e na qual a diversidade social tende ao zero. Já há comunidades planejadas apenas para aposentados, casais gays e pelo menos uma em processo de incorporação que só aceitará evangélicos.

Most of the New Urbanism projects are built in the suburbs and criticized – often rightly – as suburbs in disguise. However, New Urbanism also aims to refurbish existing suburbs, for example, by implanting small new centres or by renovating dying shopping malls. New Urbanism also concerns itself with the revitalisation of inner cities.

However, where New Urbanism projects was developed, there are nowadays a lot of criticism and they are accused of making reversed “guetos”, artificial groups where only people of some social status or political or religion or sexual orientation can live and where the social diversity is zero. There are now communities to retired people, gays couples and one in development only to evangelicals.

Lakewood, Colorado, USA

veja artigos do The Urban Earth relacionados/  See The Urban Earth post related:

Novo Urbanismo em Charleston – USA / New Urbanism in Charleston – USA

Novo Urbanismo em Karol Nord – Alemanha / New Urbanism in Karol Nord – Germany

Para saber mais/To know a bit more:

em português/ in portuguese

sobre a Carta do Novo Urbanismo

artigo Admirável Urbanismo Novo de Fernando Lara

artigo Urbanismo: Bem vindo a Truman Show City

artigo Da carta de Atenas à Carta do Novo Urbanismo – Clara Irazábal

artigo O novo urbanismo na Europa – Adilson Costa Macedo

artigo A Carta do Novo Urbanismo norte-americano – Adilson Costa Macedo

em inglês/ in english

About New Urbanism

New Urbanism

article: New Globalism, New Urbanism: Gentrification as Global Urban Strategy – Neil Smith

article: New urbanism and the European Perspective – Presumption, Rivalry or Challenge? – Harald Bodenschatz

midia of National Geographic website

Um pensamento sobre “Sala de Leitura: O Novo Urbanismo/ The New Urbanism

  1. É importante se discutir temas emergentes no Brasil como o Novo Urbanismo. Interessante também ampliar a discussão para os conceitos do crescimento inteligente – Smart Growth – e da dispersão urbana – Urban Sprawl. Colocar tudo no guarda-chuva do urbanismo sustentável.. Sobre o assunto é referencia o livro de Douglas Farr, Sustainable Development.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s