pionner9

Um bom espaço público/ a great public space


Hoje existe uma volta ao espaço público como local de convivência e lazer. Ruas, praças, parques atraem cada vez mais pessoas e a qualidade de um espaço público volta a ordem do dia. Uma recente pesquisa feita em Copenhague, Dinamarca, procurou verificar o que faz com que um espaço público seja interessante e usado. A pesquisa foi realizada pelo “Centro de Pesquisa para Espaços Públicos da Real Academia Dinamarquesa de Artes Plásticas” e pelo escritório “Consultores de Qualidade Urbana Gehl Arquitetos”. Os pesquisadores tomaram como exemplo de bom espaço público a Piazza del Campo de Siena, Itália, cujas qualidades podem ser analisadas, avaliadas e julgadas, e documentadas para uso nos projetos contemporâneos de espaços públicos abertos.

Nowadays there are a coming back to public spaces as living and leisure places. Streets, squares, parks atract more and more people and the public space quality is in evidence. A recent research did in Copenhagen, Denmark, looked at verifying what makes a public space interesting and liveable. The research was carried out at the Centre for Public Space Research of the Royal Danish Academy of Fine Arts and by Gehl Architects Urban Quality Consultants. The researchers took as example of a great public space the Siena’s Piazza del Campo, in Italy, because that square possesses a number of elementary qualities, which can be analysed, evaluated and assessed, and documented for use in contemporary public open space design.

A Piazza del Campo – o exemplo/ The Piazza del Campo – the example

photo on Project for Public Spaces – PPS website

photo on PPS website

photo on PPS

photo on PPS

photo on PPS

photo by oscar redondo on trekearth website

A pesquisa concluiu que existem três palavras chave para que um espaço público seja bom: proteção, conforto/divertimento e agradabilidade. A primeira palavra – proteção – indica três tipos de proteção: contra o tráfego de veículos, tanto no que se refere a acidentes como a poluição, fumaça, barulho e visibilidade; proteção contra crime e violência, conseguida com boa iluminação, vigilância policial passiva e uso contínuo da área no tempo e no espaço; e proteção contra experiências sensoriais desagrádaveis, como vento, chuva, neve, frio, calor, poeira, barulho, etc.

The research concluded that there are three key-words to make a great public space: protection, comfort/enjoyment and delight. The first one – protection – means three types of protection: against vehicular traffic, as traffic accidents, pollution, fumes, noise and visibility; against crime and violence, achieved with well lit, allow for passive surveillance and overlap functions in space and time; and protection against unpleasant sensory experiences, like wind, rain, snow, cold, heat, dust, noise, etc.

Washington Square Park em Nova York, Estados Unidos é um dos espaços considerados bons e que atende aos critérios encontrados/ Washington Square Park in New York City, United States is one of the great spaces and it achieves always criteria found by the researchers

photo on Project for Public Spaces – PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

photo on PPS website

A segunda palavra – conforto – está relacionada a “convites”. Convites para andar, com locais para andar, acessibilidade a áreas-chave, fachadas interessantes, inexistência de obstáculos, pavimentação de qualidade. Convites para parar ou ficar, com pontos de atração e funcionais, pontos definidos para permanecer em determinado lugar, objetos para encostar ou para debruçar. Convites para sentar, com zonas para sentar definidas, aproveitar as vantagens existentes, com agradáveis vistas e podendo olhar as pessoas, uma boa mistura entre assentos públicos e privados de cafés, por exemplo, e oportunidades para descançar. Convites para contato visual, com caminhos legíveis, vistas ilimitadas, vistas interessantes e iluminação quando necessário. Convites para contatos auditivos e verbais, com um ambiente com pouco ruído ou som e arranjo de assentos que convidem à integração entre as pessoas. Mas o conforto/divertimento também estão relacionados a locais para jogos, recreação e interação, como áreas de jogos, exposições ou festivais temporários. Também devem ser previstas atividades para o dia e para a noite, com o espaço tendo funções diversas, com uso misto do entorno – comércio e residências – e iluminação na escala humana. E atividades sazonais variadas, com proteção extra para condições ruins do clima.

The second word – comfort – is related to “invitations”. Invitations for walking, with room for walking, accessibility to key areas, interesting facades, no obstacles and quality surfaces. Invitations for standing and staying, with attractive and functional edges, defined spots for staying and objects to lean against or stand next to. Invitations for sitting with defined zones for sitting, maximize advantages, pleasant views, people watching, good mix of public and coffee seating and resting opportunities. Invitations for visual contact, with coherent way-finding, unhindered views, interesting views and lightinh when is dark. Invitations for audio and verbal contacts, with low ambient noise level, public seating arragements conducive to communicating. But comfort/enjoyment also are having places to play, recreation and interaction, as play areas, temporary exhibitions and festivals. Also it has to antecipate day and night activities, with variety of functions throughout the day, mixed-use and lighting at human scale. And varying seasonal activity with extra protection from unpleasant climatic conditions.

Outro bom espaço: Nyhavn em Copenhague, Dinamarca – Other great space: Nyhavn in Copenhagen, Denmark

photo on flickr by Mixmaster

photo on zooomr website by nadrift

photo on zooomr website by nadrift

photo on flickr by elsa11

photo on flickr by Olga [away]

photo on flickr by only alice

A terceira palavra – agradabilidade – relaciona-se a um espaço dimensionado na escala humana, com aspectos positivos do clima, como sol/sombra, calor/frio e com aspectos estéticos e sensoriais,  com um projeto de qualidade, detalhes artísticos, materiais robustos e rico em experiências sensoriais.

The third word – delight – is related to a place dimensioned at humam scale, to positive aspects of climate, as sun/shade, warmth/coolness, and to aesthetic and sensory aspects, as quality design, fine detailing, robust materials and rich sensory experiences.

Outro espaço de qualidade: Brygge Torget em Oslo, Noruega / Other quality space: Brygge Torget in Oslo, Norway

photo on Oslophotos website

photo on flickr by Brian Aslak

photo on skyscrapercity website by NorthStar77

photo on flickr by mediocre

photo on skyscrapercity website by NorthStar77

photo on skyscrapercity website by NorthStar77

Outro espaço publico projetado de qualidade: Pioneer Courthouse em Portland, Oregon, Estados Unidos- todas as fotos são do website Pioneer/ Other designed public space with quality: Pioneer Courthouse in Portland, Oregon, United States – Always photos are from Pioneer website

escultura de bronze na praça/bronze fine art in the square

tabuleiro de xadrez de bronze/bronze chess boards

“sala” de eco/ echo chamber

poste com distâncias de locais famosos/ mile post sign

portal de entrada do antigo Hotel Portland/ Portland hotel gate

cascatas artificiais/waterfall fountain

belvedere/keystone lectern

máquina do clima/ weather machine

Não há dúvida que esses espaços públicos, antigos e novos, são muito frequentados. Que espaços projetados nas últimas décadas no Brasil atendem esses critérios? São eles válidos para nós? Devemos fazer uma pesquisa das características intrínsecas dos espaços públicos muito utilizados em nosso país? Questões para você pensar.

Without doubt these public spaces, new or old, are very used. What design spaces in Brazil achieve these criteria? Are they ok for us? Or is better to do a research of the intrinsic characteristics in the really used Brazil public spaces? Things to think.

Esse artigo é baseado no artigo “Public Spaces for a Changing Public Life” publicado no n.º 61 da Revista Topos em 2007.

This post is based in the article “Public Spaces for a Changing Public Life” published in the Topos Magazine, number 61, 2007.

2 pensamentos sobre “Um bom espaço público/ a great public space

  1. Olá, sou estudante de arquitetura e urbanismo da UFES. estou desenvolvelndo um estudo sobre a Pioneer Courthouse Square. Encontrei muito material fotografico e textual, porém não consigo encontrar os projetos com plantas, elevaçoes e croqueis desta praça, mesmo empreendendo uma árdua procura. Estou há dias nessa busca.
    Já busquei informações no ASLA, PPS, no site da praça. busquei infos sobre o arquiteto.. mas não consigo encontrar nada.
    Você teria alguma dica?
    Obrigada, Aline

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s