sycamore-house-interior

Casas “verdes” ainda não construídas – 3ª parte


Termino aqui a série de residências sustentáveis publicadas em matéria da Revista Architectural Record.

1. San Vicente Residence – Santa Mônica, Califórnia, US – projeto de Pugh + Scarpa

A casa tem 375 m² de área construída e será erguida num terreno de 892m² localizado na San Vicente Boulevard, Santa Mônica. O projeto foi solicitado por um casal que tem um estúdio doméstico de gravação, e assim ela cumpre o duplo papel de residência e local de trabalho.

vista da frente da casa

A estrutura é composta por 2 paralelogramos irregulares, cobertos por um telhado ondulado, o que permite um bom resultado acústico em seu interior. Parte do volume superior fica em balanço na face voltada para a rua.

outra vista da frente da casa

O volume superior é separado do inferior por uma faixa de grande janelas, o que produz um efeito de flutuação. 4 faixas de metal perfurado fazem a vedação do volume superior, e o resultado é uma aparência de tecido e não de metal.

maquete vista do fundo

A casa possui no piso térreo uma sala de jantar e uma cozinha adjacente à uma sala de pé-direito duplo, enquanto que um escritório, quarto de hóspedes e 2 banheiros foram colocados no meio desse pavimento. O segundo pavimento contém uma suite master e um outro escritório.

vista dos fundos

O projeto tem como elementos de desenho sustentável a preocupação com a ventilação natural, onde janelas basculantes zenitais garantem uma ventilação cruzada; painéis foto-voltaicos no telhado que geram energia suficiente para atender todas as necessidades da casa, e a utilização de madeira reciclada e piso de bambu, e a fachada metálica é feita a partir da reciclagem de latas de alumínio.

2. ZeroHouse – projeto de Specht Harpman

A casa do escritório novaiorquino Specht Harpman pode ser colocada em qualquer terreno. Ela é projetada de forma a ser auto-suficiente em energia: painéis solares produzem e armazenam energia permitindo que ela tenha energia mesmo ficando uma semana sem sol.

Um coletor de água de chuva leva a água até uma cisterna, e sua distribuição interna  é feita por gravidade, eliminando a necessidade da utilização de bombas, que consomem energia. Uma unidade de compostagem interna à casa processa o esgoto orgânico e o transforma em água limpa, e o lodo resultante só precisa ser removido duas vezes por ano.

Toda a estrutura da casa é feita de elementos pré-fabricados, com soluções tecnológicas que os tornam extremamente isolantes. A casa utiliza um sistema de fundação em âncora helicoidal que toca o solo somente em 4 pontos e não necessita de escavação, causando mínimo impacto ao terreno.

planta pavimento térreo

planta 2º pavimento

A casa é inteligente: todas as suas funções são monitoradas por uma rede de sensores que podem ser controlado de um notebook.

3. Sycamore House – Los Angeles, Califórnia, US – projeto de Kovac Arquitetos

Essa casa ganhou um LEED de plantina. Ela é a casa e atelier do arquiteto Michael Kovac. Está localizada em Pacific Palisades, bairro de Los Angeles, e tem 316m² de área construída.

vista da rua

A casa têm 3 pavimentos e é implantada num terreno em declive, o que faz com que ao nível da rua ela pareça ser uma casa térrea.

vista dos fundos

A casa possui vários elementos que fazem dela um desenho sustentável: solução de aberturas que facilita a ventilação cruzada, com respiros-chaminés que sugam o ar quente trazido pelos ventos da Califórnia e mantém a temperatura interna agradável.

detalhe dos painéis solares foto-voltaicos no telhado e dos respiros-chaminés

O sistema principal de energia é foto-voltaico, mas existe um sistema secundário geo-térmico. Também foram utilizados telhados verdes, madeiras certificadas, teca reciclada e piso de bambu. As tintas para a pintura não são tóxicas e os azulejos dos banheiros são feitos com vidro reciclado.

7 pensamentos sobre “Casas “verdes” ainda não construídas – 3ª parte

  1. Vanessa, são projetos de escritórios diferentes. Na matéria, para cada projeto, aparece o nome da empresa de arquitetura, e se você clicar nele, será direcionado para o site do mesmo. Todas são empresas americanas.

  2. me passa o site do dono entao ou email…p mim combinar c ele…obrigada pela atençao.abraço

  3. Vanessa, o projeto não é meu. Mas lembre-se que isso é trabalho técnico, tem custo.

  4. Cara Cecilia vi a planta dessa casa e gostei muito! Meu terreno e muito parecido c esse…gostaria se vc podesse passar a planta p mim.abraço

  5. gostaria de saber como fica a parte do esgoto desta casa
    pois estou fazendo uma casa assim. a casa ficou no nivel da rua
    mas gostaria de fazer uma varanda com churrasqueira em baixo
    mas estou chei de duvida obrigado este ficou muito legal.

  6. Julieta não tenho nenhuma informação para te passar agora, a não ser te recomendar que acesse o site do CONDEPHAAT – Conselho do Patrimônio do Estado e veja se consegue pedir ajuda. Vou pesquisar um pouco sobre essa casa, e qualquer novidade te informo. Obrigada pelas informações e um abraço.

  7. Prezados srs,

    Moro no interior de São Paulo à 380 Km da Capital, cidade de Pirajú (Estância Turística),onde morou o General Ataliba Leonel, aqui ficava a famosa ferovia Sorocabana, Ataliba Leonel construiu sua casa , e há suspeitas de que ela tenha sido projetada pelo arquiteto Ramos de Azevedo, já que a Estação ferroviária foi tombada e restaurada pelo Estado visto que foi projetado pelo arquiteto, porém esta casa no centro da cidade (em frente a principal praça de nome Ataliba Leonel ) tem características bem iguais às obras de Ramos de Azevedo, escrevo porque gostaria de saber se vocês tem como nos orientar a respeito, como podemos fazer para que haja uma espécie de perícia no caso, a casa já é tombada num decreto lei pela própria prefeitura, seus proprietários já idosos não sabem como lidar com a situação, vou ficar aguardando pelo email alguma orientação vosa. Porém por enquanto só possuo telefone celular nº (14)9132.9244, moro aqui a quatro meses, a foto da casa vocês podem verificar pelo google, digitando “casa Ataliba Leonel, Estância Turística de Pirajú.
    Grata pela oportunidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s