A Periferia de São Paulo


Esses dias fazendo uma pesquisa para um curso que estou dando, achei esses dois videos no youtube, que achei que tinham a cara do blog. Os dois foram produzidos pela TV Cultura, a TV estatal do Governo do Estado de São Paulo. Um é sobre um processo de urbanização da favela de Paraisópolis, a 2ª maior favela da cidade de São Paulo, onde moram quase 80.000 habitantes, num terreno de propriedade particular de cerca de 800 mil m². Inserida numa região de moradia de classe média alta, o Morumbi, a favela vem sendo regularizada e urbanizada pela Prefeitura de São Paulo, num processo que conta com recursos previstos da ordem de 17,2 milhões de reais (US$ 8,6 milhões), e o video mostra os acertos e os erros desse processo de urbanização, levando-nos a pensar sobre os desafios da intervenção pública nas áreas ocupadas. O video traz uma reportagem feita por Ricardo Ferraz para o programa Planeta Cidade.

O segundo video fala da pobreza na periferia da cidade de São Paulo e nos municípios que compõem a Região Metropolitana da Grande São Paulo. Nele é comparada a vida da população de Paraisópolis com a moradora do bairro Vila Nova Esperança, na periferia da cidade de Taboão (RMSP) e localizado na divisa com o município de São Paulo. Mostra como as condições de pobreza e de acesso ao trabalho e a educação pode variar dependendo da localização da favela na área urbana. Neste video, a reportagem da TV Cultura acompanha Tiaraju d”Andrea, pesquisador do CEM – Centro de Estudos da Metrópole, aos dois bairros.

Um pensamento sobre “A Periferia de São Paulo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s