140-PERSPECTIVA INTERNA

Arquitetura Contemporânea – três jovens arquitetos cariocas


Adriana Sansão, Celso Rayol e Cláudia Miranda são três jovens arquitetos cariocas.

Adriana Sansão faz doutorado em Urbanismo na UFRJ, e está nesse momento em Barcelona fazendo um doutorado sanduiche. Formada pela UFRJ em 1995 e mestre pela mesma escola, ganhou vários premios como o Concurso Rio Cidade II e a Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo em 2007. É professora do Centro de Arquitetura e Urbanismo do- Instituto Metodista Bennett desde 2007.

Celso Rayol, Claudia Miranda e Adriana Sansão

Celso Rayol é formado pela Universidade Santa Úrsula (1991), e atualmente trabalha como arquiteto diretor na STA Arquitetura. Desde a graduação trabalhou em projetos de grande porte como Hotel Sheraton Barra, Centro Emp. M. H. Simonsen, Downtown, Botafogo Praia Shopping, entre outros. Ganhou prêmios nos concursos do IAB, como Praça Porto Rocha e Decoração do Sambódromo para o Carnaval de 88. Professor da PUC-Rio desde 2003 e da Escola de Design de Interiores da Universidade Cândido Mendes desde 1997.

Cláudia Miranda, também formada em 1991, só que na UFRJ, é mestre em Desenho Urbano pelo PROURB/UFRJ e trabalha desde a graduação com projetos de arquitetura com ênfase nas áreas residencial, comercial e coorporativa. Professora da PUC-Rio desde 2004 e da Escola de Design de Interiores da Universidade Cândido Mendes desde 1999.

Em 2005 os três, ainda com o escritório Studio 101, foram premiados pelo IAB do Rio de Janeiro, com projeto de revitalização do Edifício Glória, na Cinelândia.

rua-do-gamboa-e-livramento

Rua do Livramento esquina com Rua da Gamboa em 1920

foto acervo Andre Decourt retirada do website “foi um Rio que passou”

O trabalho que publico aqui é o projeto feito para a Prefeitura do Rio de Janeiro em 2003, para a Rua do Livramento, na Gamboa, dentro do Programa Novas Alternativas Habitacionais, quando os arquitetos faziam parte do Studio 101 Arquitetura, escritório que não existe mais. A Gamboa é um bairro do centro da cidade do Rio de Janeiro, localizado na Zona Portuária carioca (“Centro Velho”), dotado de comércio e indústria em expansão e de residências de classe média-baixa.

140-PERSPECTIVA EXTERNAdesenho cedido pelos arquitetos

O projeto, de habitação social, faz a adaptação de um edifício antigo de três pavimentos, e o transforma em um conjunto de 14 apartamentos, com moradias em kitinets e de 1 dormitório, com uma solução de fachada que renova o aspecto externo do edifício, valorizando-o. O estudo ficou só no projeto básico, não tendo sido utilizado pela Prefeitura, o que é uma pena.

planta baixaplanta baixa dos 3 pavimentos (clique na imagem para ampliá-la e poder ver o desenho)

fachadafachada lateral

140-PERSPECTIVA INTERNAimagens cedida pelos arquitetos

Clique aqui para ver o projeto para a Praça Mirataia, no Bairro do Taquara, RJ, também dos 3 arquitetos.

Clique aqui para ver o projeto de ampliação do Museu Aeroespacial da Embraer, também dos 3 arquitetos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s