melissa

Design contemporâneo brasileiro – os irmãos Campana


Um é advogado, mas preferiu ser artesão! O outro é arquiteto, e enveredou pela trilha do design.  Humberto e Fernando Campana, a partir de 1983 começaram a trabalhar juntos em um ateliê que Humberto tinha aberto no centro da cidade de São Paulo em 1979. De lá prá cá, com a produção de uma série de peças de apelo conceitual, passaram a ser notados, e acabaram por ser conhecidos e reconhecidos no cenário internacional do design.

Foi em 1989 que lançaram as cadeiras Des-confortáveis, peças em ferro que parecem isso mesmo, desconfortáveis, que foram expostas na Nucleon 8, a grande meca do design contemporâneo na época. As cadeiras romperam com uma produção que Humberto fazia até então, mais artesanal, e representaram uma nova fase para o ateliê, que a partir daí passou a produzir peças de mobiliários diferenciadas, de fato experimentais, que agradou os críticos e estudiosos do design de vários países.

des-confortáveisCadeiras Positivo/Negativo da série Des-confortáveis

foto do website art-bonobo

Em 1998 eles foram internacionalmente reconhecidos, sendo chamados a produzir a cadeira Vermelha pela empresa italiana Edra, além de terem sido chamados pelo Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA, a participar de uma exposição sobre design que este realizava.

cadeira vermelhaCadeira Vermelha – produzida pela Manufatura Edra Mazzei, Itália

material: ferro cromado e fios trançados de algodão tingido

cadeira azulCadeira azul – também produzida pela Manufatura Edra Mazzei

mesmo material usado na vermelha

Os Campanas tornaram-se em pouco tempo uma referência do design brasileiro e, ainda assim, tiveram de esperar 10 anos para ter a primeira peça produzida pela indústria nacional: foi a Companhia de Tapetes Ocidentais a primeira a reproduzir a criação dos designers.

Vindos de Brotas, no interior do Estado de São Paulo, os irmãos ganharam São Paulo e o panorama internacional do design, e sua produção está sendo mostrada na exposição recém-inaugurada no Vitra Design Museum, na Alemanha, denominada “Antibodies – Fernando & Humberto Campana – 1989 – 2009”. A exposição vai até 28 de Fevereiro de 2010, por isso quem passar pela Alemanha, mais propriamente por Weil am Rheim, deve ir prestigiá-la. Ou vá vê-los em São Paulo, no MAM.

cadeira coneCadeira Cone – 1997

foto Andrés Otero

cadeira de papelãoCadeira de papelão – 1995

foto Andrés Otero

mesa inflávelMesa inflável – 1995 – Manufatura MoMA, NY

foto Andrés Otero

poltrona bolaPoltrona Bola apresentada na Exposição do Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM – no Parque do Ibirapuera em São Paulo – exposição ainda em cartaz que vai até 13 de Setembro

poltrona jacaréPoltrona Jacaré – produção recente

sofáO sofá Cipria (2009) produzido pela Manufatura Edra Mazzei

melissae a conhecidíssima sapatilha da Melissa, copiada por um monte de fábricas de sapato do Brasil

5 pensamentos sobre “Design contemporâneo brasileiro – os irmãos Campana

  1. Josely, não concordo com você. Os irmãos Campagna são designers no estrito sentido do termo, pois pesquisam, concebem e executam objetos que vão além do mero decorativo. Ter diploma de designer não faz necessariamente da pessoa um design, só um diplomado.

  2. só para corrigir, os irmãos campana NÃO SÃO DESIGNER, e sim artesões! eles nunca fizeram curso para isso, então não podem se autointitularem com designer.

  3. Aprecio imensamente o trabalho realizado pelos irmãos Campana. Gostaria de ler mais artigos sobre estes profissionais e outros designers brasileiros contemporâneos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s