Dongtan-chine

Cidades sustentáveis: Dongtan – um projeto para a China


Localização da cidade na ilha de Dongtan fonte: Wired Magazine

Localização da cidade na ilha de Dongtan
fonte: Wired Magazine

Dongtan – ou praia do leste – é o projeto de uma cidade ecológica feito pela firma inglesa Arup, sobre a supervisão do arquiteto Alejandro Gutierrez, para ser construída na parte leste da ilha de Chongming, em Shangai – China. A ideia inicial era que a cidade fosse inaugurada na Exposição Mundial de 2010 em Shangai, mas a cidade não saiu do papel até hoje.  O projeto urbanístico foi contratado em 2005 pela Companhia de Investimento Industrial de Shangai (SIIC), e pretendia ser a primeira de uma série de 4 cidades.

Com cerca de  750 km², num local onde a maior parte da terra ainda não foi urbanizada, ela deveria ser implantada ao longo do rio Yangtze, deixando-se 65% da ilha reservada para usos rurais e implantação de parques públicos. Em 2010 deveria ter sido construído um sistema formado por uma ponte e um túnel e também uma ampliação do metrô que ligariam a ilha à Shangai e ao aeroporto internacional dessa cidade. O projeto ainda previa que em 2020 Dongtan começaria a crescer ao longo dos corredores de transporte público na direção norte, mas mesmo assim mais da metade da ilha continuaria mantendo o uso rural ou de parques públicos.

Sistema viário ligando Shangai a Dongtan Fonte: Skyscraper City

Sistema viário ligando Shangai a Dongtan
Fonte: Skyscraper City

No IV Fórum Urbano Mundial das Nações Unidas que aconteceu em 2008 na China, Dongtan foi apresentada como sendo um exemplo de cidade sustentável. O projeto previa que a cidade não gerasse emissão de carbono (zero carbono), fosse completamente autossuficiente em água e energia, usando-se os princípios de construção de zero energia, que em linhas gerais prevê que um edifício deve gerar energia suficiente para cobrir a sua própria demanda.

A demanda de energia seria muita baixa em comparação com cidades convencionais, devido a alta performance dos edifícios e ao fato do transporte público no interior da cidade não gerar emissão de carbono. O lixo seria considerado como um recurso econômico e a maior parte do gerado na cidade, 90% dele, deveria ser reciclado.

O transporte em Dongtan seria ecológico e realizado ao longo da costa. As pessoas chegariam num local determinado na costa e deixariam ali seus carros, e então percorreriam a cidade como pedestres, ciclistas ou através de transporte público sustentável. Os veículos que seriam permitidos na cidade deveriam ser movidos a eletricidade ou a hidrogênio.

Os planos para fazer de Dongton uma cidade de zero emissão de energia incluíam:

  • Todas as moradias serem construídas a 7 minutos de caminhada de pontos de parada do transporte público
  • Os veículos particulares ou de carga serem movidos a bateria ou células de hidrogênio
  • As plantações em áreas rurais no entorno da cidade usarem métodos orgânicos de plantio e abastecerem a cidade
  • A estação energética seria movida pela queima de biomassa, com a utilização da palha de arroz, um dos produtos produzidos pelas indústrias locais de produção de arroz e que é descartado
  • A cidade não deve ter efluentes de esgotos domésticos ou industriais, estes devem ser tratados e utilizados para produção de energia e de fertilizantes
  • Os edifícios terem tetos verdes para melhorar o isolamento térmico
  • O transporte público deveria usar energia solar e células de hidrogênio, para mover táxis e ônibus.

O controle de enchentes deveria ser feito por uma rede de canais e lagos, projetados de acordo com antigos métodos chineses de irrigação, e que protegeriam a cidade de problemas durante a ocorrência de tempestades.

perspectiva da cidade e sistema de canais e lagos Fonte: Landscape Institute

perspectiva da cidade e sistema de canais e lagos
Fonte: Landscape Institute

As moradias e edifícios comerciais teriam entre 4 a 6 pavimentos, densidade que permitiria evitar que a cidade se espraiasse pela área rural, mas com uma altura também adequada ao tipo de solo do local, que não permite fundações profundas. Em 2010, propunha-se que a cidade já abrigasse 10.000 habitantes, mas o projeto dimensionava uma população total de 500 mil habitantes para 2050.

Atualmente estão sendo comercializadas moradias em Dongtan para a classe média alta chinesa, que deseja passar férias ou finais de semana fora da cidade de Shangai, e as autoridades vão permitir a entrada de veículos particulares que não atendam às prescrições de zero emissão originalmente proposta. Isto deve-se provavelmente a um comentário que Gutierrez fez ao ser entrevistado pela Wired Magazine, quando disse que a SIIC, empreendedora e proprietária dos terrenos de Dongtan, nunca soube bem o que queria para a área – às vezes falavam da cidade como sendo uma eco-cidade, mas também falavam na necessidade de um bairro verde, uma bairro-jardim aos moldes britânicos, um lugar onde a população mais rica de Shangai poderia passar o final de semana. Parece que esta última ideia do que poderia ser o local vai ser implementada agora.

Vista atual de Dongtan Fonte: Google Earth, 2013

Vista atual de Dongtan
Fonte: Google Earth, 2013

A Arup vem desenvolvendo 2 projetos no Brasil: Pedra Branca, em Santa Catarina, onde vem cooperando com a implantação de infraestrutura sustentável num projeto urbanístico desenvolvido por Jaime Lerner, e um estudo urbanístico para a área do Valongo, em Santos – SP, que está sendo financiado com recursos do Banco Mundial

Para ver o outro post do blog sobre projetos atuais de cidades sustentáveis clique aqui

3 pensamentos sobre “Cidades sustentáveis: Dongtan – um projeto para a China

  1. Pingback: Cidade sustentável: Futuro ou Presente? | Portal Biossistemas

  2. Oi Cecilia,
    É a Patricia Sanches, arquiteta que trabalhou no Dep. Parque e Jardins de SBC. Tudo bem? Por acaso encontrei seu site navegando na internet! Que lindo! Parabens! Um otimo site de consulta, muitas experiencias e conteudo interesante. Um grande abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s